sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Só vou ficar feliz quanto baratear os custos das ligação, é a mais cara do mundo

Celulares do RN terão nono dígito a partir de maio de 2015

A Anatel informou que, até 2016, todos os celulares do país terão o nono dígito. Essa medida foi tomada devido à escassez da oferta de novos números em grandes centros, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro. E vai ser estendida ao restante do Brasil para padronizar os números e evitar confusão. O cronograma prevê a implantação do nono dígito em Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí a partir de 31 de maio de 2015. Em 11 de outubro do ano que vem, começa a valer em Minas Gerais, Bahia e Sergipe.
A última fase de implantação acontece em 2016, mas ainda não tem data definida. Ela vai atingir os estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rondônia, Acre, Goiás, Tocantins, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, além do Distrito Federal. Para implantar o nono dígito apenas em São Paulo, Rio e Espírito Santo, as operadoras tiveram que investir cerca de R$ 380 milhões. Nos cinco novos estados, ela vai custar R$ 58 milhões.

Nota: Fica mais barato hoje ligar para o estrangeiro de local, pense unha cornagem, e em São Rafael ligar na operadora TIM, é preciso de um bitrem carregado de nota de R$ 100 ainda é pouco para fazer uma ligação, ou empresas ladronas. 

Agora que o roubo aumenta veja! isso é só para botar no seu toba
  Claro, Vivo e Oi fecham acordo para comprar TIM

As operadoras Claro e Vivo fecharam acordo com o banco BTG Pactual para, junto com a Oi, comprar a TIM Brasil, a segunda maior empresa do mercado brasileira, e reparti-la em três. O valor não está fechado, mas pode chegar a R$ 31,5 bilhões, o maior negócio no setor no país. São cerca de R$ 30 bilhões, mais um prêmio de 5% pago aos acionistas, incluindo minoritários.

A Folha de ão Paulo apurou que será feita uma oferta aberta aos acionistas da Telecom Italia, dona da TIM Brasil, que decidirão em assembleia. Os principais acionistas, como a francesa Vivendi, tendem a aceitar. Ainda não está definido o que acontece com os clientes. A entrega da proposta está condicionada à venda, por parte da Oi, da Portugal Telecom (PT) em Portugal, um negócio que deve ser fechado na próxima semana. Segundo apurou a reportagem, cinco são os interessados. Entre eles estão duas operadoras – a francesa Altice é uma delas – e três fundos de investimento.