quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Plantão de policia

DELEGADA DE SÃO RAFAEL PRENDE CANINDÉ MATIAS POR MENTIR EM DEPOIMENTO


Canindé Matias, mentiu em depoimento

O pescador Francisco Canindé Matias de Moura, residente no bairro de Soledade II em São Rafael, que foi preso no dia 27 de abril de 2012, acusado tráfico de drogas, que se encontrava em liberdade depois de ter cumprido pena no CDP de Jucurutu, voltou a ser preso na tarde desta terça-feira (21/10), agora sob a acusação de ter mentido no depoimento que prestou sobre o homicídio ocorrido na noite de sábado (18/10) no interior do bar de Irimar, na rua do toco em São Rafael, quando Mágno Bento Soares, Mágno Aleijado, foi executado com um tiro de espingarda no rosto. Suspeito de envolvimento no caso, Canindé foi chamado a depor e no seu depoimento disse que não estava no local do crime, mas as imagens das câmeras de segurança do bar mostraram que ele estava sim na sena do crime. Por causa disso, a delegada Paoulla Maués, mandou prendê-lo e quer saber porque ele mentiu no depoimento.
Adailton Amorim