quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Essa mulher


Por Lena Lopez 

Essa mulher que me encanta,
Fria, nua e crua
Que me faz cair em seu colo
Carnal, sensual e lascivo
Que me estende os braços
Me acomoda em seus seios
Arrebata, embriaga e beija
Que me fala sussurros ao ouvido
Malícia, devassa e impudica
É por quem eu tanto clamo
E me atiro ao seu corpo
Voraz, faminta e sedenta
Para buscar seus carinhos
Que a ninguém mais daria
E entregar-lhe o meu ser
Meu mais profundo segredo
Que aberta eu lhe dou
Sem cerimônia nenhuma
O corpo, a flor e o manjar
Essa mulher que proclama
A paixão entre nós
Me enche de marcas
De unhas e dentes
Na boca, na pele e na carne
Retirando de mim
O mel da minha paixão
A seiva do prazer escondida
Essa mulher
Faminta e sedenta
Que me encanta
Quando juntas na cama
Que dá para mim
O gozo intenso
Como tantos eu já lhe dei!