sábado, 15 de novembro de 2014

As vezes eu me molho

Por Lena Lopez 

Sem você por perto
Me molho em pensamentos
Me molho por te desejar
A imaginação alça voo
O desejo me consome
E por conta deles fico louca
Quero a tua boca
Quero o teu veneno
Quero o teu querer
E então eu molho
O prazer exala
O suor escorre
O coração dispara
Violo o meu corpo
Violo meus pensamentos
E eu me molho
Mas sinto falta
Da tua boca
Da tua mão
Do teu corpo
E eu fico molhada
Desesperada
Neste meu mundo pequeno
Sozinha na cama fria
Eu molho
Com meus gemidos
Com meus dedos tremidos
Sem a tua companhia
E... gozo!