quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Senado gastou R$ 5 milhões no Sírio Libanês em seis meses



De fevereiro a julho deste ano, o Senado Federal disperdeu R$ 5,1 milhões de reais, com gastos médicos no hospital Sírio Libanês. O valor ultrapassa 70% o valor pago em todo o ano de 2012.
Divulgada pelo portal de Transparência no Senado, tais despesas atendem a congressista, dependentes, servidores e até a ex-senadores, incluindo consultas, emergência, atendimento complementar, entre outros.
Tendo em vista a qualidade  diferenciada do atendimento, os serviços do hospital atraem muitos parentes, os quais gozam o direito ao plano de saúde da casa (SIS Sistema Integrado de Saúde).
No primeiro sete meses deste ano, o Senado gastou R$ 77,8  milhões em despesas medicas.

Qual é a sua opinião sobre esse privilégios?

Com informações de Transparência Politica