segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Na minha boca


Por Lena Lopez
A tua nudez é magia
Quando em pé te encontras
Parado a minha frente
A tua rigidez me encanta
Quando prostada de joelhos
Vejo-a em pleno balanço
Seguro-te entre as mãos
Como um morango silvestre
À beira da degustação
Desejo-te em minha boca
Duro, inteiro e profundo
Envolvendo-o em meus lábios
Umideço-te de saliva
Sinto o gosto do teu sexo
Acaricio-te com a lingua
Aos poucos vou recebendo
As primeiras gotas de seiva
O teu sabor agri-doce
Causa-me intenso desejo
Quero te engolir inteiro
Senti-lo em minha garganta
Pulsa firme em minha boca
Eu quero a tua linfa quente
Lambuzando-me os lábios
Escorrendo-me aos seios
Quero degustar teu gozo
O teu gosto de macho!