quinta-feira, 11 de abril de 2013

Concurso


O Diário Oficial da União publicou autorização do Ministério do Planejamento para que a Polícia Rodoviária Federal realize concurso público visando à contratação de mil novos policiais. O concurso da PRF será nacional e as vagas serão ocupadas prioritariamente nas regiões de fronteira, sendo ofertadas aos candidatos somente ao final certame. A lotação do futuro servidor irá depender da classificação do candidato no concurso somado à nota final do curso de formação. Não haverá destinação de vaga por Unidade da Federação, como no certame anterior, de 2009.

De acordo com a Coordenação-Geral de Recursos Humanos da PRF, há uma comissão interna estudando a fórmula de cálculo para distribuição do efetivo. Antes de distribuir as vagas aos novos policiais, haverá um remanejamento interno entre os atuais servidores da PRF. Ao final, os recém-nomeados serão lotados nas vagas remanescentes, promovendo, dessa forma, tanto a recomposição quanto a movimentação do efetivo policial da PRF. A Polícia Rodoviária Federal começa agora o processo de escolha e contratação da organizadora do concurso. O primeiro passo é buscar no mercado uma empresa com reconhecida capacidade técnica para organizar o concurso em nível nacional.

O objetivo da PRF é ter os novos policiais já sendo empregados nos grandes eventos que o Brasil sediará, como Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. O último concurso para o cargo de policial rodoviário federal aconteceu em 2009. No total, foram contratados cerca de 1.350 policiais, sendo metade do concurso original e a outra parte de candidatos excedentes. A remuneração inicial para o cargo de agente é de R$ 6.106,81, mais auxílio alimentação.