terça-feira, 7 de maio de 2013

São Rafael/RN quem fica, e quem sai? MD (muito doido)

O PPS não tem apressado a tramitação do registro do Mobilização Democrática, partido que surge a partir da fusão com o PMN. Atualmente, a papelada está no cartório para conferência e ainda não tem data para ser enviada para o TSE. Depois do envio, se estiver tudo certo, o TSE deve formalizar o MD em no máximo 30 dias.

Com a liminar concedida por Gilmar Mendes que paralisou a tramitação do projeto que acaba com a transferência de tempo de TV e verbas do fundo partidário, o PPS agora raciocina com o regulamento na mão. Isso porque, depois da aprovação pelo TSE, abre-se uma janela de 30 dias para que possam ser feitas adesões ao MD sem conflitos com a lei de fidelidade partidária.

Poder Online
Nota do Blog: Tenho pressentimento que aqui a debandada vai ser grande, um das prerrogativa de abandono do partido, ou seja, com essa fusão, parlamentar ou executivo,  pode deixa seu partido para migrar para outro,  sem que tenha de perder o mandato.
Ou será que vai ficar tudo vermelho (vermelhôr), no curral KKKK, creio que não, como disse alguém um dia! água e óleo não se mistura.