quarta-feira, 26 de junho de 2013

Promotores suspeitam que dois diretores da TeleFREE já fugiram do Brasil


O caso Telexfree ainda rende e nesta terça-feira, 25, sugiram dois fatos novos: o primeiro é que o montante desviado das contas que estão bloqueadas pela justiça do Acre pode ultrapassar os 120 milhões de reais e, a segunda é a de que os promotores de justiça que acompanham o caso suspeitam que dois dos diretores do grupo Ympactus Comercial Ltda – Telexfree -, já fugiram do País.

No Ministério Público do Acre nenhum promotor ou procurador quer falar sobre o caso, alegando que “qualquer vazamento de informações poderá comprometer as investigações que estão ainda em andamento”.

Vejam a reportagem completa:


Portal Acre