sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Empresário no ramo de vaquejada

Em contato por telefone com esse blogueiro o Sr. Luciano,  vulgo BOLA  para os mais intimos, esclareceu, que pediu o prédio da prainha por motivo de desentendimento com Junior, com relação a prestação de contas da festa realizada no inicio do mês.

Insatisfeito tomou tal decisão, e que não tratava de olho grande ou outro motivo que foi mencionado, todavia esclareceu que o local era cedido a Junior sem ônus para o mesmo.

Nota do blog: Para maior esclarecimento, essa nota que foi feita na postagem de Junior`bar, foi feita por mim, não por Junior, tendo em vista vários acontecido na cidade, de toma lá da cá, com relação a comercio de locação já efetuado na cidade de São Rafael/RN,  isso não se procede nesse caso de Junior/bola