segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

E tome seca pra nós

Previsão para o primeiro trimestre é de chuvas abaixo da média no Semi-Árido


A previsão de chuvas para o Semiárido para os meses de fevereiro, março e abril deste ano será abaixo da média. A afirmação foi feita pelo secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Carlos Nobre, em entrevista coletiva concedida na última sexta-feira, 16, em Brasília.

Carlos Nobre ressalta que apenas a parte litorânea da região Nordeste terá chuvas na média para esse período. Ele explicou que o Brasil vive um momento delicado no tocante ao clima, com impacto imediato na economia e no âmbito social.

A explicação para esse momento de extremos climáticos que ocorrem no País é devido ao fenômeno “El Niño”, esclarece o secretário. “Essa alteração se deve ao fenômeno conhecido como ‘El Niño’ presente no Oceano Pacífico. Isso é um pré-condicionador de chuvas abaixo da média para o Brasil”.

Os dados divulgados e comentados também por demais cientistas fazem parte da ‘Previsão Climática Sazonal’ do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e correspondem aos meses fevereiro-março-abril.

A iniciativa contribui para que o poder público adote as medidas necessárias para evitar ou reduzir danos e prejuízos à população, à infraestrutura e à economia do País.