segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Sempre uma grande mulher, por trás de um grande homem.

Vida Adulta Inteligente HOME VÍDEOS REGRAS DO BLOG CONTATO ANUNCIE NO BLOG Renata Campos: quem é ela? 18 ago A viúva de Eduardo Campos faz 48 anos nesta segunda Maya Santana Antes mesmo de passar o primeiro impacto da trágica morte do candidato do PSB a presidente da República, Eduardo Campos, a menos de dois meses das eleições, o noticiário se encheu de especulações se Marina Silva aceitaria substituir o político desaparecido e sobre quem seria a pessoa que comporia a nova chapa no papel de vice. A imprensa informou que Marina Silva queria que a vaga fosse preenchida por Renata Campos, a viúva do ex-governador pernambucano. “A repórter Daniela Pinheiro, da piauí, tem a informação de que Marina quer Renata Campos, a viúva, como candidata a vice-presidente. Considera que ela, auditora do Tribunal de Contas de Pernambuco, gosta de política e entende de administração pública. Sua candidatura seria também uma maneira de homenagear o marido e manter viva a imagem da família na própria chapa presidencial”, diz um trecho do texto publicado pela revista. A notícia da escolha de Marina se espalhou e todo mundo começou a se perguntar: quem é Renata Campos? Colhi algumas informações sobre essa mulher praticamente desconhecida fora de Pernambuco que não sai das primeiras páginas dos jornais desde o fatídico 13 de agosto, quando o avião que levava o marido e seus assessores explodiu, desfigurando todos os que estavam em seu interior. Com Eduardo e o caçula Miguel, nascido em janeiro com down Os restos mortais do marido foram enterrados neste domingo, um dia antes de Renata completar 48 anos. Ela é sobrinha do escritor Ariano Suassuna, falecido recentemente, tem um diploma de economista da Universidade Federal de Pernambuco e sempre teve um grande envolvimento na vida política do marido, atuando como uma espécie de sua conselheira. Os dois conversavam muito. Ela o acompanhava nas viagens de campanha. Durante o governo de Eduardo Campos, Renata foi responsável pelo Programa de Artesanato de Pernambuco e também pelo premiado (pela ONU ) programa Mãe Coruja, que busca diminuir a mortalidade materna e infantil no estado. Segundo o site Rede redebrasilatual.com.br, “discreta, adepta de roupas simples, pouco chamativas, e mãe de cinco filhos, Renata era tida como o grande esteio de Eduardo Campos. Fez faculdade de economia, passou em ótima colocação no concurso para auditora do Tribunal de Contas do Estado (TCE), engravidou aos 46 anos do quinto filho e não se fez de rogada em, pouco tempo após o parto, acompanhar o marido na maioria das viagens, carregando o pequeno Miguel ( nascido em janeiro de 2014) para todos os lugares – o nome do caçula é uma homenagem a Miguel Arraes.” Toda a bonita família reunida O site diz ainda que , “alguns meses atrás, durante reportagem para a revista Piaui, a ex-primeira-dama deu uma declaração que mostra bem sua personalidade. Quando perguntada se acreditava que despertaria muita curiosidade ao longo da eleição, comentou: “Eu não sei, mas pode ser curioso saber quem é a mulher que teve cinco partos normais, cinco filhos do mesmo marido, não pinta o cabelo e tem uma profissão.” Neste últimos dias, Renata surpreendeu. Enquanto a mãe de Eduardo Campos, Ana Arraes, desabou, inconsolável com a morte do filho, a mulher do candidato, mesmo demonstrando intenso sofrimento, liderou a família. Tomou todas as decisões relativas ao funeral, discutiu a nova composição da chapa que substituirá Eduardo-Marina e convocou reunião para a manhã desta segunda-feira com políticos da aliança regional do PSB e outros partidos. O objetivo dela é assegurar que deem continuidade ao trabalho do marido. Assim, tudo mostra que, embora de poucas palavras e avessa a entrevistas, de agora em diante, vamos ouvir muito mais dessa mãe de família que inspirou tanto Eduardo Campos. LINKAdd to favorites13Adicione a seus FavoritosCompartilhe: twitterbiografiadesastreEduardo CamposmorteperfilRenata Campostragédia DEIXE UM COMENTÁRIO NOME obrigatório E-MAIL obrigatório Comentário: 3 COMENTÁRIOS Lourdes Spádoa disse: 18 de agosto de 2014 às 12:54 am Ao lado de um Grande Homem, tem SEMPRE uma Grande Mulher… Maria Tereza Cunha disse: 18 de agosto de 2014 às 3:22 am #BEM por ISSO estamos na campanha #RenataCamposVicePresidente ! Vide em nossa página no face e Twitter … sueli siqueira cerri disse: 18 de agosto de 2014 às 3:55 am Mulher de brilho forte sem ser superstar,seria bom ter as duas na presidencia meus sentimentos a Familia. Jornalista desde a década de 70, Maya Santana trabalhou em O Estado de Minas, O Estado de São Paulo e na BBC de Londres. PESQUISAR NO BLOG Médica: “A morte é um dia que vale a pena viver” Pedro Bial, 56: “A velhice é uma baita diferença” ARQUIVO CATEGORIAS Artigos Cultura Entrevistas História de Vida Moda Obra em Destaque Projeto de Vida Saúde Viagem e Lazer Vida Digital Vida Financeira Vida Profissional Videos GALERIA DE FOTOS Veja mais fotos. OBRA EM DESTAQUE A médica sanitarista Auristela Lins e a nutricionista Ana Lígia Lins se uniram e fizeram uma resenha primorosa de três livros importantes sobre os fatores alimentares e ambientais que contribuem para a formação dos tumores cancerígenos. Foram inc... MAIS COMENTADAS Médica: “A morte é um dia… posted on maio 28, 2014 Última entrevista de Elis… posted on novembro 20, 2013 Surge primeiro condomínio… posted on junho 18, 2014 Holocausto brasileiro: 60… posted on junho 15, 2013 Pedro Bial, 56: “A velhic… posted on março 12, 2014 ENQUETE A idade da aposentadoria do homem e da mulher no Brasil deveria ser maior? Sim Não LINKS INTERESSANTES Viaja Mais Melhor Idade O Guia do Viajante Almanaque Brasil The piauí Herald Observatório da Imprensa O Público El País The Huffington Post The Guardian The New York Times Le Monde Vital Voices 50 e mais © 2012 Desenvolvido por Piloti